Batalha pós Covid: Amazonas registra 6 mil amazonenses com sequelas atendidos em centro de reabilitação no AM

Batalha pós-Covid: AM registra 6 mil amazonenses com sequelas atendidos em centro de reabilitação


Em três meses, o projeto Respirar do Governo do Amazonas já realizou mais de 6 mil atendimentos de pessoas com sequelas da Covid-19. O projeto é voltado para a reabilitação cardiopulmonar e física de pessoas que tiveram a doença. Mesmo um ano após a alta hospitalar de um quadro de Covid-19, muitos pacientes relatam sintomas persistentes da doença.

Batalha pós Covid: Amazonas registra 6 mil amazonenses com sequelas atendidos em centro de reabilitação no AM
Foto: Pixabay

Tomaz Soares, conta que seu pai, Raimundo Batista Alves, ficou 54 dias entubado em um leito de UTI no Hospital Delphina Aziz. Ele relata que a alta médica foi considerada uma vitória pela família e que hoje o pai, que trabalha como motorista, enfrenta um longo tratamento por conta das sequelas da doença: (ouça)

O que aconteceu com o Raimundo Batista não é um caso isolado. Segundo uma pesquisa do Hospital das Clínicas de São Paulo, 70% dos pacientes que tiveram Covid-19 apresentam algum tipo de sequela até um ano após a alta hospitalar.

Cerca de 800 pacientes foram acompanhados pelos pesquisadores entre o fim de março do ano passado e julho deste ano e os principais sintomas relatados são fraqueza, fadiga e falta de ar.

A empresária Edna Cardoso precisou passar por diversos especialistas e um ano de tratamento para curar sequelas da covid-19. Ela conta como a doença mexeu com seu organismo: (ouça)

Especialistas alertam que 8 em cada 10 pessoas infectadas com a doença apresentam sequelas. A pesquisadora da Fiocruz, Margareth Dalcomo, esclarece que atualmente existe uma categoria chamada covid longa e que as pessoas devem fazer um check-up para identificar o problema: (ouça)

No Amazonas, as pessoas podem ser atendidas gratuitamente pelo programa Respirar.

Basta procurar uma Unidade de Saúde Básica e ser encaminhado para a Central Unificada de Regulação e Agendamento de Consultas e Exames.

As sessões são realizadas no Centro de Treinamento de Alto Rendimento do Amazonas (Ctara), localizado na Vila Olímpica de Manaus.

Reportagem: Ricardo Chaves