O Teatro Amazonas, em Manaus, e o Theatro da Paz, em Belém-PA, poderão ser reconhecidos como Patrimônio Mundial pela Unesco.

O primeiro passo para a elaboração da candidatura dos Teatros da Amazônia será dado entre os dias 13 e 15 de dezembro, quando ocorre a primeira oficina de mobilização no Palacete Provincial, praça Heliodoro Balbi, Centro de Manaus.

A oficina de mobilização envolve os governos dos estados do Amazonas e Pará, prefeituras de Manaus e de Belém, representações da sociedade civil, pesquisadores e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que deve coordenar o processo da candidatura e apresentá-la, representando o Brasil, ao Centro do Patrimônio Mundial da Unesco.

Da redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *