Rede pública de ensino adia retorno de aulas presenciais para fevereiro

Rede pública de ensino adia retorno de aulas presenciais para 14 de fevereiro

As aulas presenciais da rede pública do Amazonas são adiadas para o dia 14 de fevereiro, devido ao novo cenário da pandemia no estado com o aumento de casos e internações pelo coronavírus. A decisão foi tomada nessa sexta-feira (14) após reunião do Comitê Intersetorial de Enfrentamento da Covid-19.

O decreto estadual que trata sobre o início do ano letivo entra em vigor a partir da próxima segunda-feira, dia 17. A validade será por tempo indeterminado.

Foto: Reprodução/Seduc.


“Diante do cenário que nós temos, estamos adiando a volta às aulas, que seria no dia 7 para o dia 14. Naturalmente que a gente vai avaliando como é que evoluem os casos de Covid-19 e outras síndromes respiratórias. Tudo isso é para segurança dos profissionais da educação, para os alunos e para os pais, neste momento em que a gente está em alerta”, disse o governador.

Antes da mudança, as aulas começariam no dia 7 de fevereiro.

O comitê reforçou a necessidade das medidas de prevenção por conta do aumento de casos da Covid-19, aos registros da variante Ômicron e ao período sazonal para síndromes gripais no estado. Cada infectado pela nova variante, por exemplo, transmite o vírus para outras 206 pessoas. É necessário seguir os protocolos de distanciamento, uso de máscara, álcool em gel e regularidade da situação vacinal.

O Comitê também recomendará que as escolas da rede privada iniciem as aulas presenciais também no dia 14.

Da redação com informações da SES-AM.