Siga nossas redes sociais

Prefeitura diz que seguiu protocolo de segurança ao fechar portões e causar tumulto em festival no Centro

A Prefeitura de Manaus se manifesta após as ocorrências de desordem registradas

por Clara Toledo Serafini

A Prefeitura de Manaus se manifesta após as ocorrências de desordem registradas no festival #SouManaus Passo a Paço nessa segunda-feira (5).

De acordo com a gestão, foi decisão da Polícia Militar (PM) o uso de gás lacrimogêneo para que as pessoas pudessem dispersar e assim evitar maiores ocorrências.

A prefeitura disse que “foi uma medida extrema, porém necessária para garantir a segurança da população”.

Vídeos que circulam na internet mostram o momento em que uma multidão tenta invadir as dependências do festival, que não estava mais permitindo a entrada de ninguém, por ter atingido a lotação máxima.

Na rua Governador Vitório, Centro, foi necessário ação das forças de segurança para conter as pessoas. Segundo a prefeitura, a informação de que foram usadas balas de borracha é falsa.

Na entrada do Palco Tucupi, onde se apresentaram Joelma e Jota Quest, muitas pessoas também tentaram entrar a força e se machucaram no momento em que os portões foram fechados.

Ainda segundo a prefeitura, os sensores instalados nas entradas para contagem do público quebrou no momento em que 39 mil pessoas já eram contabilizadas no evento.

A organização do #Sou Manaus Passo a Paço disse que a capital nunca teve um evento de artes integradas com toda essa grandiosidade, e que o excedente de público foi prova disto.

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress