Passagens aéreas para Parintins na época do Festival ficam até 700% mais caras em 2022

Passagens aéreas para Parintins na época do Festival ficam até 700% mais caras em 2022

Reportagem: Clara Toledo

Quem ficou feliz com a notícia de que de o Festival de Parintins voltaria a ser realizado em 2022, tem agora um outro motivo para se preocupar. As passagens aéreas com saída de Manaus e para a ilha Tupinambarana aumentaram drasticamente de uma média de R$ 600 para até R$ 5 mil reais, trechos de ida e volta, um aumento de mais de 700%.

Na época do Festival, o trajeto, que tem dura em torno de 45 minutos, chega a custar, em preços mais “acessíveis”, acima de R$ 3 mil, incluindo ida e volta, nos sites das companhias aéreas.

O Bumbódromo é palco das apresentações de Garantido e Caprichoso.
(Foto: Yuri Pinheiro/Prefeitura de Parintins)

Recentemente, o cantor Ivo Meirelles levantou essa questão nas redes sociais. Fã do Festival, ao calcular o valor das passagens – saindo do Rio de Janeiro – chegou ao valor de R$ 17 mil, sem contar com hospedagem e alimentação.

A estudante Taciana Farias pretendia visitar Manaus na época do Festival e aproveitar a viagem para conhecer Parintins. Como a passagem pela capital seria curta, o trecho aéreo economizaria tempo: (Ouça)

Orlando Câmara, colunista da BandNews Difusora, traz um outro ponto. Com a euforia da volta dos eventos, o Festival agrega mais entusiastas e curiosos neste ano. No entanto, o município tem uma capacidade limitada para receber turistas. (Ouça)

E o consumo não se resume apenas às passagens. Quem vai de avião, costuma ficar hospedado em hotéis da região e movimentar a economia local, como destaca Orlando Câmara. (Ouça)

O Festival está confirmado para ocorrer nos dias 24, 25 e 26 de junho deste ano.

Procurada, a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), ainda não manifestou se existe alguma medida sobre o preço das passagens de avião para a cidade de Parintins.

Em nota, a companhia aérea Azul esclareceu que os preços de seus bilhetes variam de acordo com alguns fatores importantes como trecho, sazonalidade, compra antecipada, disponibilidade de assentos, entre outros. Além disso, a companhia ressaltou que a alta do dólar e do combustível, algo que vem ocorrendo sistematicamente, também são elementos que influenciam nos valores das passagens.