Lázaro Barbosa é morto em troca de tiros, diz a Polícia Civil de Goiás

A Polícia Civil de Goiás confirmou na manhã desta segunda-feira (28) que Lázaro Barbosa foi morto após troca de tiros com os agentes de segurança que realizavam as buscas, que já duravam 20 dias. 

Lázaro foi encontrado depois de tentar retornar para a casa da ex-mulher, que vive em Águas Lindas (GO) no domingo. As polícias de Goiás e do Distrito Federal fizeram um cerco em um bairro da cidade nesta segunda-feira (28) onde ele teria sido visto.

Imagens feitas por um dos comandantes da operação que realizava buscas pelo criminoso mostram o momento exato em que ele é detido e socorrido após ser ferido durante confronto com a polícia.

Segundo moradores, o suspeito da chacina em Ceilândia foi visto no bairro por volta das 21h. Os residentes acionaram a polícia, mas Lázaro fugiu pela mata. O cerco foi montado na região durante a madrugada.

Mais cedo, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, usou sua rede social na manhã desta segunda-feira (28) para confirmar a informação que Lázaro teria sido preso.

“Ta aí, minha gente, como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido”, escreveu. 

Lázaro Barbosa de Souza estava sendo procurado pela polícia desde o dia 9 de junho por matar quatro pessoas no Distrito Federal. Durante a fuga, ele atirou em 3 pessoas, colocou fogo em uma casa e roubou carros. Sempre armado, o serial killer, que era mototáxi, roubava vizinhos e abusava de mulheres.

Lázaro nasceu em Barra do Mendes, interior da Bahia, e tem uma extensa ficha criminal, acusado de crimes como roubo, estupro e porte ilegal de arma.

Da redação com informações da Band TV
Foto: Reprodução

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email