AO VIVO

Justiça proíbe sanção do projeto de lei que impede instalação dos novos medidores de energia

Justiça proíbe sanção do projeto de lei que impede instalação dos novos medidores de energia

A Justiça do Amazonas proíbe o Governo do Estado de sancionar o Projeto de Lei que visa impedir a instalações dos chamados “medidores aéreos” de energia elétrica no Amazonas. A decisão é do desembargador Airton Luis Gentil emitida em caráter liminar em um Mandado de Segurança ingressado pela Amazonas Energia.

(Foto: Reprodução)

O desembargador acatou pedido da empresa de energia elétrica que alega que o projeto foi aprovado sem obedecer aos trâmites normais e o Regimento Interno do Parlamento Estadual, como destaca Gabrielle Stocco, Gerente de Comunicação da concessionária. (Ouça)

Ainda segundo a Amazonas Energia, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que é o órgão regulador, já testou e aprovou a utilização dos novos medidores.

O projeto foi aprovado no último dia 23 de junho e proíbe as concessionárias e permissionárias do serviço de fornecimento de energia elétrica e água a realizar a instalação de medidores aéreos por dificultar que o consumidor fiscalize o próprio consumo.

Em entrevista à BandNews Difusora, um dos autores do Projeto, o deputado Fausto Junior, afirmou que a Assembleia Legislativa vai recorrer da decisão. (Ouça)

A redação do PL prevê multa no valor de 35 salários mínimos, o equivalente a R$ 42 mil reais em caso de descumprimento.

Da redação

Últimas Notícias