Itacoatiara registra mais dois casos de rabdomiólise

Itacoatiara registra mais dois casos de rabdomiólise

O novo boletim epidemiológico de rabdomiólise associada à Doença de Haff (conhecida popularmente como Doença da Urina Preta) destaca a notificação de mais dois casos em um período de 20 dias.

A doença é associada ao consumo de peixes e se manifesta em 24h após consumo. (Foto: Reprodução/José Cruz/Agência Brasil)

São 134 casos notificados, sendo 77 compatíveis e 57 descartados pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas.

Os dois novos casos foram registrados nos últimos 20 dias (22/12 a 11/01) em Itacoatiara, na região metropolitana de Manaus.

Os casos considerados compatíveis foram notificados em 10 municípios, sendo eles: Itacoatiara (46), Parintins (12), Manaus (6), Urucurituba (4), Silves (3), Maués (2), Manacapuru (1), Itapiranga (1), Autazes (1) e Caapiranga (1).

Destes, três casos evoluíram para óbito e ocorreram em Itacoatiara, sendo duas mulheres, de 51 e 68 anos, e um homem, de 49 anos. Os óbitos ocorreram em agosto, outubro e dezembro, do ano passado.

O diretor-técnico da FVS, Daniel Barros, disse que a notificação de apenas dois casos de rabdomiólise em mais de 15 dias indica redução de casos compatíveis, mas enfatiza que a rede de vigilância em saúde está monitorando aos casos.

Da redação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email