AO VIVO

Surto de rabdomiólise no AM completa um mês com 78 casos suspeitos

Surto de rabdomiólise no AM completa um mês com 78 casos suspeitos
Surto de rabdomiólise no AM completa um mês com 78 casos suspeitos
Surto de rabdomiólise no AM completa um mês com 78 casos suspeitos

Um mês após surgirem os primeiros casos de rabdomiólise este ano no Amazonas, o estado tem 78 registros suspeitos da síndrome, associada à “doença da urina preta”.

O número é maior que os 27 casos registrados em 2008, ano do primeiro surto, e também supera o de 2015, quando houve 74 pessoas infectadas.

O cenário da rabdomiólise foi atualizado nessa terça-feira (21) pela Fundação de Vigilância em Saúde.

Dos 78 casos da doença suspeitos no Amazonas, 63 estão em investigação epidemiológica e 15 foram descartados.

Dez pessoas seguem internadas, em quadro estável. Nove são de Itacoatiara e uma de Itapiranga.

Após intervenção de restrição do consumo de pescado, o município de Itacoatiara, que registra a maioria das pessoas contaminadas, teve redução de 69% dos casos, comparando semana de 14 a 20 de setembro com a semana anterior à restrição, de 25 a 30 de agosto.

Ainda segundo a FVS, os peixes mais consumidos e envolvidos nos casos de suspeita da rabdomiólise investigados são: pacu, tambaqui e pirapitinga.

Conforme boletim epidemiológico, 100% dos peixes consumidos são de vida livre, 85% são procedentes de rios e 9% de lagos. Ouça:

Reportagem: Cindy Lopes
Foto: Reprodução

Últimas Notícias