Amazonas registra novas empresas e empregos, mas reduz média salarial

Amazonas registra novas empresas e empregos, mas reduz média salarial

Dados divulgados nesta semana revelam que o Amazonas registra novas empresas e empregos, mas reduz média salarial. Quase 39 mil unidades de empresas foram abertas entre 2018 e 2019. O crescimento foi de 10,6%, sendo a melhor marca desde 2013. O número de trabalhadores avançou 2,1% e chegou a 641.442.

Em ambos os casos, o Estado ficou na segunda posição no ranking da região Norte. O salário médio mensal, contudo, encolheu 1,8%, no mesmo período.

As estatísticas são do Cadastro Central de Empresas (Cempre), realizado com informações do IBGE e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Ouça:

Reportagem: Guilherme Guedes
Foto: Reprodução