Siga nossas redes sociais

AM tem risco médio de infestação pelo mosquito da dengue, aponta levantamento

O Amazonas apresenta risco médio de infestação do mosquito Aedes Aegypti, causador

O Amazonas apresenta risco médio de infestação do mosquito Aedes Aegypti, causador de doenças como a dengue, chikungunya, zika e a febre amarela urbana.

Os dados são do 4° Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti (LIRAa) do Amazonas, baseado em relatórios de outubro e novembro deste ano.

A capital Manaus também apresenta risco médio. O LIRAa foi realizado por 44 municípios do Amazonas.

O chefe do Departamento de Vigilância Ambiental da FVS, Elder Figueira, ressalta que, com o aumento das chuvas durante os meses de novembro a maio, a possibilidade da formação de criadouros do mosquito aumenta.

Dados consolidados pela FVS apontam redução de 36,2% nos casos de dengue no Amazonas no comparativo entre os períodos de janeiro a novembro de 2022 (9.202 casos) e janeiro a novembro de 2021 (14.432 casos).

De janeiro a dezembro do ano passado, foram registrados 14.907 casos de dengue no estado.

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress