Siga nossas redes sociais

X-men na sala de aula? Escola no interior do AM “usa” superpoderes para ensinar química

Uma escola pública do interior do Amazonas usa habilidades de personagens do

Uma escola pública do interior do Amazonas usa habilidades de personagens do “X-Men” e da “Marvel” para ensinar química aos alunos.

Realizado no Centro de Educação de Tempo Integral, Ceti José de Araújo, em Codajás, o projeto ensina conceitos químicos como intangibilidade, teletransporte e magnetismo a partir da associação com os poderes dos personagens.

Entre os heróis utilizados estão a Lince Negra, mutante que, nos quadrinhos, detém o poder de atravessar objetos sólidos. A partir disso, foi possível ensinar conceitos de matéria, partículas, forças de atração e repulsão para os alunos.

Outro personagem usado como ferramenta de ensino é o Noturno, conhecido pela capacidade de teletransporte. A habilidade do mutante serve para explicar aos estudantes sobre o paradoxo do teletransporte, abordando também questões filosóficas.

O idealizador do projeto é o professor de Química, Bernardo Jeová. Segundo o docente, os alunos do 1º ano do Ensino Médio, que participam do método, estão produzindo as próprias Histórias em Quadrinhos (HQs), unindo super-heróis conhecidos do público com os temas explicados nas aulas da disciplina.

Iniciado em julho de 2022, a previsão é que o projeto, batizado de “Química em Quadrinhos: utilizando Super-Heróis para abordar conceitos de Química”, seja finalizado ainda neste mês, com a realização de exposições das HQs no Centro de Ensino e também a divulgação dos conteúdos nas redes sociais.

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress