Siga nossas redes sociais

Votos a favor do marco temporal no STF abrem precedentes que vulnerabilizam ainda mais direitos dos povos indígenas, afirma Ivo Macuxi, advogado do CIR

por Clara Toledo Serafini

“Tudo que o Supremo faz e fala é usado por pessoas que têm interesse em questionar processos de demarcação de terras indígenas”, afirma Ivo Macuxi, advogado do Conselho Indígena de Roraima (CIR), que faz a defesa contra a tese do marco temporal, julgada no Supremo Tribunal Federal. O advogado concedeu entrevista exclusiva à Coluna de Política, com a jornalista Rosiene Carvalho, no BandNews Manaus desta quinta-feira (31).

Confira:

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress