Shoppings em Manaus registram alta em julho

Vendas e movimento aumentam em shoppings do norte do país

Os shoppings da região Norte do país registraram aumento de quase 13% no movimento e aquecimento de vendas em julho deste ano. A região se manteve acima da média nacional.

Dados do relatório da Cielo, empresa da Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce), apontam que, de 26 de julho a 1 de agosto, os shoppings de todo o país apresentaram queda de 13,8% nas vendas em relação ao período pré-pandemia.

Já os shoppings dos Estados da região Norte foram no sentido contrário e apresentaram, em quatro semanas, resultados superiores aos de 2019, com crescimento de 12,6%.

Tassiana Fernandes, dona de uma loja de roupas femininas em um shopping de Manaus, diz que os próximos dias são de otimismo.

“Comparado com o ano passado, realmente caiu um pouco, porque estávamos vindo de um ano muito bom. Em questão de comparação, este ano está um pouco mais fraco, o que não significa que semana que vem as coisas não vão melhorar”, disse a empresária.

A empresária Elizângela Cardoso diz que tem ido com frequência ao shopping para compras.

“Vim comprar umas coisas para as crianças e um presentinho para mim também, que mereço”

No Norte, o destaque é para o Amazonas. A gerente comercial de um shopping de Manaus, Lana Oliveira, orienta que consumidores sempre devem seguir as recomendações de prevenção a Covid.

“Nossa recomendação é que busquem o shopping center durante a semana e em horários de menor fluxo”

De forma geral, a expectativa dos lojistas para este mês, que contou com o Dia dos Pais, e para os próximos meses, é boa.

Apesar disso, o cenário ainda é de riscos pela variante delta e pelas restrições quanto à capacidade de atendimento e realização de promoções.

Reportagem: Guilherme Guedes
Foto: Pixabay