Vacinação contra a Covid-19 em Manaus tem 17 pontos de imunização

Vacinação contra a Covid-19 em Manaus tem 17 pontos de imunização

Vacinação contra a Covid-19 em Manaus tem 17 pontos de imunização
Vacinação contra a Covid-19 em Manaus tem 17 pontos de imunização

Dois grandes pontos de imunização contra a Covid-19 são desativados na capital Amazonense nesta quarta-feira (04). A informação da Secretaria de Saúde da cidade é que esses locais foram desativados em função do fluxo reduzido, pra otimizar os espaços e as equipes. A campanha segue para atender quem ainda não recebeu a primeira dose da vacina e aqueles que devem completar o esquema vacinal com a segunda dose. De acordo com a Prefeitura de Manaus, a cidade terá 17 locais de vacinação contra a Covid-19 até a próxima sexta-feira, 6/8, para otimizar a utilização dos espaços e das equipes responsáveis pela triagem, registro e aplicação dos imunizantes.

Dos quatro grandes pontos estratégicos, dois continuam em funcionamento, das 9h às 16h: o Centro de Convenções (sambódromo), que tem atendimento para pedestres e drive-thru, e o Studio 5, que atende exclusivamente pedestres. Os outros dois (Sesi e shopping Phelippe Daou), estarão fechados nos próximos três dias.

Além dos pontos de imunização estratégicos, 15 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que funcionam como ponto de vacinação nas diferentes zonas geográficas, seguem abertas, à exceção da UBS Frei Valério, na zona Norte. Todos irão aplicar a primeira e segunda doses.

As UBSs abrem às 9h e o horário de encerramento varia entre 17h, nas unidades de atendimento regular, e 19h nas de horário estendido, garantindo que os que trabalham durante o dia possam ser vacinados também no início da noite.

Quem tem mais de 18 anos de idade e ainda não se vacinou deve procurar o ponto de vacinação mais próximo. Os documentos exigidos são o documento de identificação original com foto, CPF e comprovante de residência, com cópia. Quem for tomar a segunda dose, deve levar identidade, CPF e o cartão de vacinação onde consta o registro da primeira dose.

O prazo entre as duas doses é de 28 dias para a CoronaVac e de 84 para a Astrazeneca e a Pfizer. A consulta ao agendamento pode ser feita no endereço: imuniza.manaus.am.gov.br/, na opção “Consultar 2ª Dose”. Quem não tiver acesso ao sistema eletrônico, pode seguir a data limite indicada no cartão de vacinação.

Quem passar do prazo preconizado, também deve ir ao posto. Esta é a orientação do Ministério da Saúde.

Mais de 20 mil pessoas estão atrasadas com a segunda dose e ainda temos um resíduo de mais ou menos 300 mil pessoas, se considerarmos 100% da população vacinável estimada, para receber a primeira dose.

Da redação
Foto: Reprodução