Universitários denunciam aglomerações em salas de instituições de ensino privadas de Manaus

Universitários denunciam aglomerações em salas de instituições de ensino privadas de Manaus

Reportagem: João Felipe Serrão

A volta às aulas de algumas instituições de ensino superior privadas de Manaus, em meio ao aumento de casos de Covid-19, tem preocupado estudantes que denunciam irregularidades em protocolos sanitários nas unidades de ensino com aglomerações em salas de aula. De acordo com denúncias recebidas pela BandNews Difusora 93.7 FM, as faculdades têm deixado de lado medidas de prevenção importantes para evitar a disseminação da Covid-19.

(Foto: Reprodução)

Ainda nesta semana a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) reforçou o protocolo sanitário de prevenção à Covid-19 específico para ambientes escolares. Uma das orientações é a lotação máxima de salas limitada a 50% da capacidade.

Outras normas da FVS também incluem medidas de higiene pessoal, distanciamento social, sanitização do ambiente, monitoramento e comunicação.

No entanto, uma estudante que não quer ser identificada conta que, ao retornar para as aulas em uma universidade particular, no centro da capital amazonense, ficou preocupada com a aglomeração da sala.(Ouça)

A estudante afirma que além de irresponsável, a atitude da universidade põe em risco a saúde dos alunos. (Ouça)

Outro universitário que vê com preocupação o descumprimento de medidas sanitárias no ambiente de estudo é Wilian Fontenele. O acadêmico de direito da Fametro afirma que a unidade em que estuda faz o possível para adotar o protocolo de prevenção à Covid, mas parte dos alunos acaba descumprindo. (Ouça)

A FVS recomenda que as instituições de ensino adotem o sistema de rodízio semanal de alunos, de modo que, enquanto metade da turma está em sala de aula, outra metade está em casa realizando atividades remotas.

A reportagem entrou em contato com as faculdades citadas e aguarda resposta.

Confira o vídeo da denúncia

(Imagens: Reprodução)