O prefeito de Manaus, David Almeida, terá as contas relativas ao exercício de 2022 julgadas no próximo dia 25 de março, pelo conselho do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM). O julgamento acontecerá em Sessão Especial, realizada no Pleno da Corte de Contas, às 9h30.

O executivo municipal contou com um orçamento de R$ 7,1 bilhões para 2022, aprovado pela Câmara Municipal de Manaus (CMM) no ano anterior.

Para comprovar e justificar os gastos públicos, o gestor deve apresentar diversos documentos como relatórios, balanços financeiros, balancetes e outros.

Os documentos encaminhados ao TCE-AM são analisados pelo relator das contas e submetidos à votação em plenário. Em caso de irregularidades ou regularidade da prestação de contas, a Corte de Contas poderá recomendar que a Câmara Municipal de Manaus reprove ou aprove as contas do gestor.

Da redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *