Sintomas de longa duração da Covid-19 são raros em crianças, diz estudo

Sintomas de longa duração da Covid-19 são raros em crianças, diz estudo

Sintomas de longa duração da Covid-19 são raros em crianças, diz estudo
Sintomas de longa duração da Covid-19 são raros em crianças, diz estudo

Um estudo publicado na revista the Lancet revela que a maioria das crianças que contrai Covid-19 se recupera em menos de uma semana e apenas algumas ainda têm os sintomas mais comuns após um mês.

A pesquisa analisou 1.734 pacientes sintomáticos com idade entre 5 e 17 anos, com base em dados colhidos numa aplicação móvel por pais e prestadores de cuidados.

A principal conclusão é que os casos com sintomas duradouros são “raros”. No Amazonas, desde o início da pandemia, foram registrados mais de 44.300 de Covid-19 em crianças e adolescentes, com idade entre 5 e 19 anos.

O número de mortes já passa de 130. Os menores de 0 a cinco anos correspondem a maioria das vítimas.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou que o Brasil deverá começar a vacinação de adolescentes no segundo semestre quando, segundo a pasta, toda a população adulta vacinável deverá ter tomado pelo menos uma dose do imunizante.

No Amazonas, ainda não há previsão sobre o início da vacinação desse público. Até o momento, o estado imuniza a populaçao com idade acima de 18 anos. Ouça:

Reportagem: Cindy Lopes
Foto: Reprodução