Reportagem: Ricardo chaves. 

Comandante da Polícia Militar do Amazonas entre 2008 e 2011, o deputado estadual Dan Câmara (Podemos) acredita que o estado precisa realizar uma política de prevenção mais efetiva na segurança pública aliada a realização de programas de proteção socias.

Para o parlamentar os números expressivos de apreensões de armas e drogas no estado, refletem a necessidade cada vez mais clara da importância de se fortalecer a política de segurança pública no Amazonas:(Ouça)

A avaliação do político ocorre após a recomendação do Ministério Público do Amazonas (MPAM) de que o governo do estado solicite ao presidente Lula (PT) que seja decretado a chamada Garantia da Lei e da Ordem (GLO) em portos e aeroportos.

A medida seria uma forma de combater o trânsito de drogas e armas, além de outros itens que tem contribuído para o crescimento exponencial de violência no Amazonas nos últimos dez anos.

O ex-comandante da PM acredita que a recomendação poderia ser ampliada para uma atuação mais efetiva também no Alto Solimões, área que avalia necessita de mais proteção:(Ouça)

Para o deputado, ampliar a segurança no estado passa também por aumentar o atual efetivo policial. De acordo como Ministério Público (MPAM), atualmente o Amazonas conta com um efetivo de menos de 8 mil policiais militares:(Ouça)

A dificuldade logística no interior do estado, também é apontada pelo coronel reformado como dificuldade para a realização de policiamento:(Ouça)

No mesmo dia em que foi publicada a recomendação do Ministério Público (MPAM), a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) divulgou que 8,5 toneladas de drogas foram apreendidas nos dois primeiros meses do ano. O dado é 224% maior que o registrado no mesmo período do ano passado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *