Sede do Rio Negro Clube será tombada como patrimônio histórico do AM

Sede do Rio Negro Clube será tombada como patrimônio histórico do AM

A Sede social do Atlético Rio Negro Clube irá se tornar Patrimônio Histórico e Artístico do Amazonas. O prédio chegou a ser leiloado, mas a Justiça determinou a suspensão do certame. O anúncio foi feito nessa quinta-feira (19) pela Secretaria Estadual de Cultura.

As reuniões para os procedimentos do tombamento iniciaram nessa quarta-feira (18), durante reunião entre a SEC e Conselho de Patrimônio Histórico e Artístico do Amazonas (COPHAM).

O Atlético Rio Negro Clube é um dos mais tradicionais da capital. (Foto: Divulgação)

A retomada das reuniões do Conselho tem como objetivo central tratar com seriedade a salvaguarda do patrimônio material e imaterial do estado do Amazonas, como o Atlético Rio Negro Clube.

O tombamento do clube como patrimônio material acontece por causa do significado que o mesmo representa ao povo do estado do Amazonas e os elementos arquitetônicos do Palácio Dórico, em virtude da época em que foi construído e também pelo contraste que representa as transformações urbanas.

O Palácio Dórico como um todo representa um testemunho histórico e repleto de simbolismos para uma geração inteira e para a história da cidade. A preservação significa uma perpetuação da memória do Amazonas e da identidade de Manaus.

Da redação