Por falta de doses, campanha de vacinação contra influenza e sarampo não avança em Manaus

Por falta de doses, campanha de vacinação contra influenza e sarampo não avança em Manaus

(Foto: Divulgação/Semsa)

Por falta de doses, a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza e Sarampo em Manaus vai continuar a atender os públicos da primeira etapa, ou seja, trabalhadores de saúde, que podem receber as duas vacinas, e idosos com idade a partir dos 60 anos, que estão sendo imunizados apenas contra a influenza. A ampliação dos grupos estava prevista para iniciar nesta terça-feira (03).

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou que só será possível avançar para novos públicos quando o município receber do Ministério da Saúde as doses necessárias para dar seguimento à campanha.

O órgão informou, ainda, que por falta das doses, o município não agendou o Dia D de vacinação contra influenza e sarampo. A expectativa da prefeitura é que o atendimento aos grupos prioritários e o Dia D aconteçam ainda nesta primeira quinzena do mês.

A segunda etapa da vacinação contra influenza iria contemplar as crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade, gestantes em qualquer período gestacional, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), povos indígenas e outros grupos.

Da redação