AO VIVO

Pessoas com esquema vacinal incompleto e não vacinados representam 64% das internações em leitos clínicos e de UTI no AM

Pessoas com esquema vacinal incompleto e não vacinados representam 64% das internações em leitos clínicos e de UTI no AM

Não vacinados contra a Covid-19 e pessoas com esquema vacinal incompleto representam 64% das internações em leitos clínicos e de UTI no Amazonas. A informação é da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), repassada a BandNews Difusora FM nessa segunda-feira (10).

Dos 67 pacientes internados na rede pública e privada no último domingo (09), 34 não tinham tomada nenhuma dose de vacina contra a Covid-19, 9 tinham tomado pelo menos uma dose da vacina e 24 apresentaram o esquema vacinal completo.

Pessoas com esquema vacinal incompleto e não vacinados representam 64% das internações em leitos clínicos e de UTI no AM
Foto: Agência Brasil;

Para a infectologista, Ana Galdina, os dados comprovam o que já apontavam os especialistas: pessoas vacinadas podem desenvolver a Covid-19, mas apresentam menos complicações e são internadas em uma proporção bem menor em relação aos que rejeitam o imunizante. (ouça)

Um estudo preliminar realizado entre agosto e setembro do ano passado apontou que a maioria das mortes por Covid-19, em Manaus, foi de pacientes não vacinados ou que só tomaram a primeira dose da vacina.

O estudo é do epidemiologista da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz Amazônia) Jesem Orellana e destaca a importância da vacina no combate à pandemia. O pesquisador alerta que o novo cenário epidemiológico com a circulação da variante Ômicron, mostra a relevância de manter os protocolos sanitários. (ouça)

Até esta segunda-feira (10) 100 mil pessoas em Manaus não tomaram sequer a primeira dose da vacina. No Amazonas a quantidade de pessoas que não completaram o esquema vacinal chega a meio milhão.

O infectologista Nelson Barbosa avalia que é preciso uma postura mais agressiva das autoridades locais para chegar a essas pessoas. (ouça)

O balanço epidemiológico divulgado nessa segunda-feira (10), mostra que o número de pacientes internados com suspeita e casos da doença chega a 123 em todo o estado.

Reportagem: Ricardo Chaves

Últimas Notícias