Siga nossas redes sociais

Permanência da capivara Filó em centro de triagem foi sugestão de Agenor, diz Ibama

por Clara Toledo Serafini

O Ibama afirma que a permanência da capivara Filó no Centro de Triagem de Animais Silvestre, em Manaus, foi alinhada com o influencer e fazendeiro Agenor Tupinambá e a família dele. O IBAMA informou, em nota, que foi até o local onde o animal estava e propôs a soltura nas proximidades de Autazes, no entanto, a família de Agenor ponderou que o animal poderia se tornar alvo de caçadores da região.

Os veterinários, biólogos, família e assessoria do Senhor Agenor concordaram que seria melhor deixá-la no Centro de Triagem de Animais Silvestre (CETAS) do IBAMA onde ficará aos cuidados de Analistas e Técnicos habilitados e com os meios necessários para manutenção de sua saúde e bem-estar, podendo ser visitada por Agenor, até que se encontre um local adequado que já sendo estudado para sua devolução à natureza.

Esta medida foi aprovada pelos veterinários e biólogos presentes na equipe.

A sugestão é que fique em uma Unidade de Conservação Federal de Proteção Integral com o mínimo de presença humana, gerida e cuidada pelo ICMBIO, ficando assim em ambiente natural e verdadeiramente livre para cumprir suas funções ecológicas de alimentação, convivência em bando, dispersão de sementes, reprodução e outras.

O Ibama cita que as decisões ocorreram de forma pacífica e conjunta entre as partes (Técnicos e Família Tupinambá), visando sempre o bem-estar do animal.

 

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress