Siga nossas redes sociais

Peixe ícone da região amazônica, jaraqui corre risco de desaparecer

por Clara Toledo Serafini

O peixe mais consumido na Amazônia, o jaraqui, corre o risco de desaparecer por causa da pesca em grande escala. Um estudo realizado por vários pesquisadores recomenda que a espécie entre para a lista de defeso, já que é responsável por 93% das capturas pesqueiras na Amazônia.

A pesca com redes grandes e pesca durante o período de reprodução tem causado reduções nos estoques naturais do jaraqui.

Trecho do estudo aponta que “o jaraqui forma uma única população em toda a Amazônia, no entanto, a diversidade genética do peixe está sendo perdida muito rapidamente devido aos efeitos da sobrepesca”.

O estudo foi realizado pelos pesquisadores Ingrid Nunes, Kelmer Passos (da Ufam), Aline Ximenes (INPA) e os professores do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Amazonas, Izeni Pires Farias e Tomas Hrbek.

Sobre o Defeso

O início do defeso é estabelecido durante o período reprodutivo das espécies e acontece anualmente. Segundo o Decreto Federal nº 6.514/2008, a multa para quem estiver pescando, transportando, comercializando ou armazenando as espécies ainda sob restrição de pesca durante o período do Defeso, vai de R$ 700 a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20 por quilograma ou fração do produto da pescaria.

A primeira migração é para reprodução no início da cheia. A espécie sai de afluentes pobres em nutrientes (águas pretas e claras) para rios de águas turvas (águas brancas) a jusante em cardumes compactos e grandes de adultos e subadultos para desovar no encontro com o rio principal, onde as águas são turvas e ricas em nutrientes. Os ovos e as primeiras larvas são transportados passivamente pelas correntes para viveiros que são ricos em alimentos e fornecem refúgio contra predadores.

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress