Reportagem: Eros de Sousa

Uma viagem no tempo para conhecer Manaus do início do século 20, onde um cabaré localizado no Centro histórico da capital do Amazonas, era comandado por um barão, que mantinha um grupo de meretrizes tentadas a se rebelar.

É neste cenário que o espetáculo amazonense “cabaré chinelo” tem feito sucesso nas noites de apresentações do teatro com sessões lotadas ingressos esgotados.

A repercussão positiva foi tanta que a apresentação vai fazer parte do Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto, em São Paulo, e ocorre nos dias 27 e 28 de julho. Os ingressos se esgotaram em apenas uma hora.

O diretor e ator do espetáculo, Taciano Soares explica que o feito mostra a força de narrativas que fogem do eixo sul-sudeste. (Ouça)

O cabaré chinelo, que é uma produção da companhia de teatro Ateliê 23, também vai se apresentar na maior cidade do país.

No dia 25 de julho a companhia se apresenta no Sesc Pinheiros, na capital paulista.

Taciano Soares conta que a participação no Festival Internacional de Teatro também mostra um amadurecimento do Ateliê 23, que completa uma década de existência. (Ouça)

O Festival Internacional de Teatro é considerado um dos mais importantes festivais de artes cênicas do Brasil e completa 54 anos de história e 21 anos de edição internacional.

Ele ocorre tradicionalmente em São José do Rio Preto, a 500 quilômetros de São Paulo

Nesta edição, o FIT Rio Preto reúne 30 espetáculos na programação, entre produções nacionais, de oito estados brasileiros, e de mais três países: Argentina, Portugal e Reino Unido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *