As discussões sobre a soberania da Amazônia passam pela união dos dois maiores estados da região: Amazonas e Pará. É preciso deixar a rivalidade burra de lado e unir esforços para ganhar força no Congresso Nacional e, assim, ter a possibilidade conquistar recursos que se revertam em melhora na qualidade de vida da população amazônida.

Confira:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *