Símbolo do poder gerado pelo petróleo até os anos de 1990, países do Golfo Pérsico não usaram o poder que tinham para melhorar seus índices de desenvolvimento. Em meio ao debate ambiental e às mudanças climáticas, as autoridades da Amazônia deixam escapar pelos dedos a chance única de assumir o controle (e o poder) do principal mercado que comandará o mundo neste século: a sustentabilidade e a riqueza gerada por ela.

Confira:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *