Siga nossas redes sociais

Obra indígena do artista Raiz Campos integra exposição no Rio de Janeiro

Uma esteira indígena de 3 metros grafitada pelo artista Raiz Campos ganha

Uma esteira indígena de 3 metros grafitada pelo artista Raiz Campos ganha espaço em exposição no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro, no Rio de Janeiro.

Considerado um dos nomes de representatividade do grafismo da região Norte, Campos leva a fusão do graffiti-grafismo à exposição “Trama Canoê” que acontece na cidade carioca.

Até o dia 10 de fevereiro, a obra segue exposta, compondo um conjunto histórico de outros artistas brasileiros.

A imagem traz uma foto em homenagem ao Cacique Bina da etnia Matis, pintada com as técnicas da arte urbana em sintonia com a arte indígena em uma esteira de tupé, trabalhada pelos artesãos da Associação dos Artesãos de Novo Airão (AANA).

A primeira exposição solo de Raiz com esteiras indígenas foi em 2019, na Galeria do Largo, Largo de São Sebastião, Centro de Manaus. Uma de suas obras, “Grande Cobra Canoa”, desenvolvida em tinta spray em esteira de tupé, segue exposta no hall de entrada do espaço cultural do estado.

Raiz Campos nasceu na Bahia, mas ainda criança, morou na Vila do Pitinga, na área indígena Waimiri Atroari, onde iniciou o grafismo.

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress