Siga nossas redes sociais

Número de crianças registradas sem nome do pai cresce 45% no Amazonas

por carlao

Em dois anos, mais de 13 mil crianças são registradas sem o nome do pai no AM

Reportagem: Eros Sousa.

O número de crianças sem o nome do pai na certidão de nascimento cresce 45% em 3 anos no Amazonas. A ausência do pai no documento foi de cerca de 6 mil, em 2020, para quase 9 mil, em 2023. Os dados são do portal de Transparência do Registro Civil.

No ano passado, a região norte teve a maior proporção de nascidos não registrados pelo pai. 10% das crianças nascidas não tinham o pai na certidão, foram 29 mil registros desse tipo.

A psicóloga Deisy Bringel diz que essa ausência não está somente em um papel, mas pode influenciar na própria relação da criança com o mundo. (ouça)

Essa falta de registro é uma fuga da responsabilidade do pai, já que é o registro que cria o vínculo legal, como explica a Presidente da Comissão de Proteção à Criança e ao Adolescente da OAB Amazonas, Thandra Sena. (ouça)

No Brasil, em 2023 nasceram cerca de 2,5 milhões de crianças. Dessas, 172 mil sem o nome do pai.

A região sudeste teve o maior número absoluto, foram 57 mil crianças registradas somente pela mãe.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress