Siga nossas redes sociais

Novo diretor quer INPA como liderança política na ciência e tecnologia na Amazônia

por Clara Toledo Serafini

por Eros de Sousa

Na última semana o professor da Universidade Federal do Amazonas, Henrique Pereira, foi nomeado como novo diretor do Inpa.

A nomeação saiu oficialmente no dia 14 de novembro. Ele vai comandar o Inpa pelos próximos quatro anos.

Henrique Pereira é doutor em Ecologia pela Universidade da Pensilvânia (EUA), professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e Assessor Especial de Relações Internacionais da universidade.

Ele concedeu entrevista à Bandnews Difusora e falou sobre expectativas para os próximos anos no Instituto. Confira abaixo:

BND: Professor Henrique, queria saber primeiro quais os principais desafios o senhor está prevendo nesses próximos quatro anos junto ao Inpa, a gente sabe que o instituto tem passado por um processo de falta de recursos humanos?

 

BND: Professor, outro aspecto muito discutido é a questão de captação de recursos do Inpa. O instituto é ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, e a maior parte do repasse ao Inpa vem do ministério. O repasse previsto para o Instituto ano que vem é de cerca de 41 milhões de reais. Queria saber se o senhor planeja procurar alternativas em relação a essa captação de recursos?

 

 

BND: Recentemente veiculamos aqui na Bandnews difusora uma reportagem sobre o herbário do Inpa e tratamos sobre a necessidade de manutenção do herbário. Inclusive, após a reportagem, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação anunciou um programa de investimentos de R$ 250 milhões até 2026 em relação a preservação e recuperação de acervos científicos. Quero saber como o seu mandato vai tratar esses acervos do Inpa?

 

 

BND: Professor, o seu nome demorou 11 meses para ser anunciado, o senhor teve apoio de importantes cientistas como Ennio Candotti; diretor do Musa e Marilene Corrêa ex-reitora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), mas também teve cientistas que fizeram oposição ao seu nome, inclusive com uma certa repercussão na mídia. Queria saber qual a sua posição sobre essa demora e os processos que rodearam a escolha do seu nome?

 

BND: Estamos conversando com o novo diretor do Inpa, o professor da Ufam Henrique Pereira.

BND: Como o senhor analisa a posição do Inpa em relação à pesquisa em ciência e tecnologia na região nos próximos quatro anos?

 

 

BND: Qual será o papel do INPA em relação ao debate sobre as emergências climáticas?

 

BND: Em relação à escolha de pessoal para a sua equipe de trabalho no Instituto. O Senhor já tem nomes? Quais critérios serão usados nessa escolha?

 

 

BND: Conversamos com o novo diretor do Inpa, Henrique Pereira, aqui na BandNews Difusora FM. Obrigado, professor, pela participação e boa sorte nos próximos quatro anos.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress