Afeganistão

Orlando Câmara | Haiti e Afeganistão: nos solidarizamos com causas tão distantes, mas vivemos dura realidade aqui

As alarmantes notícias que têm circulado o mundo sobre a retirada das tropas estadunidenses do Afeganistão e os desdobramentos da conquista do Taleban em Cabul geraram uma série de posts e reações de solidariedade e indignação vindas de todo o mundo. No Brasil não foi diferente.

O país, que ainda enfrenta as consequências da pandemia e luta com diversas crises, vive uma realidade intolerante – em que ideias contrárias não conseguem coexistir. A empatia que muitos sentiram com o povo afegão é importante e necessária, diz Orlando Câmara.

No entanto, na mesma medida que alguém consegue se comover com algo que acontece com povos tão distantes, deve conseguir se sensibilizar com as mais 9,1 milhões de pessoas que se uniram à pobreza após da chegada do coronavírus ao país.

Confira:

Foto: Unama