Siga nossas redes sociais

MP apura irregularidades em instituições que acolhem idosos e pessoas com deficiência em Manaus

por Clara Toledo Serafini

O Ministério Público abre dois inquéritos para apurar irregularidades em instituições que acolhem idosos e pessoas com deficiência no Amazonas. As investigações foram abertas pela Promotoria de Justiça da Pessoa Idosa e da Pessoa com Deficiência (42ª Prodhid).

Os inquéritos foram instaurados devido a irregularidades encontradas pela promotoria em inspeções feitas, em 2022, na Casa do Idoso São Vicente de Paulo (CISVP) e no Serviço Residencial Terapêutico (SRT) Lar Rosa Blaya, instituição que recebe pessoas com deficiência.

Entre os problemas identificados no Lar Rosa Blaya estão a falta de profissional de Assistência Social, de cronograma de atividades de reabilitação, terapêuticas, físicas, desportivas, ocupacionais e educacionais e de reinserção comunitária.

Na Casa do Idoso São Vicente de Paulo (CISVP) há dificuldade para visitas domiciliares de equipe de saúde vinculada à UBS Deodato de Miranda Leão, e à falta de adequação às normas do Ministério da Saúde, sobre planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde.

A Secretaria de Estado de Saúde foi requisitada para que, no prazo de 20 dias, forneça as informações já solicitadas.

De acordo com o MP, muita falhas são decorrentes de desconhecimento ou falta de dinheiro, mas não há falha grave. Se houvesse algo grave, seria feita a remoção dos idosos.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress