Manaus intensifica ações de combate ao mosquito da dengue em 17 bairros

Manaus intensifica ações de combate ao mosquito da dengue em 17 bairros

(Reportagem: João Felipe Serrão)

Dezessete bairros de Manaus com maior incidência do Aedes aegypti recebem ações para intensificar o controle epidemiológico da dengue, Chikungunya e Zika Vírus, doenças transmitidas pelo mosquito.

(Foto: Divulgação/Marcely Gomes/Semcom)

O trabalho é orientado pelo Levantamento Rápido de Índices para o Aedes aegypti, um diagnóstico realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que apontou os locais em maior vulnerabilidade.

O chefe do Núcleo de Controle da dengue da Semsa, Alciles Comape, ressalta que o plano de intensificação envolve a visita dos Agentes Comunitários de Saúde nos domicílios para fazer varredura e eliminação de criadouros do mosquito, e quando necessário, a aplicação do larvicida. (Ouça)

De janeiro até abril deste ano, a Semsa registrou 867 casos notificados da dengue, uma redução de 70% em relação ao mesmo período de 2021.

O número de casos de zika, foi reduzido em 3,4% nos quatro primeiros meses deste ano, comparado com o mesmo período do ano passado.

E os casos notificados do vírus Chikungunya apresentaram uma diminuição de 16,7%, também comparado com ano anterior.

Mesmo com a redução de casos, o engenheiro elétrico Carlos Dibo garante que limpa o quintal da casa dele diariamente para evitar os criadouros do Aedes aegypti. (Ouça)

Outra que não aliviou nos cuidados foi a dona de casa Neide Freitas, moradora do bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital.

Ela destaca que tem o hábito de sempre manter a casa limpa e deixa um recado para os vizinhos. (Ouça)

As autoridades sanitárias pedem a colaboração de toda a população para eliminar o Aedes Aegypti, e orienta que as pessoas fiquem alertas ao acúmulo de água em latas, vasos, baldes e outros recipientes.