Manaus faz mutirão no fim de semana e alcança novos grupos com 3ª dose da vacina contra covid

Manaus faz mutirão no fim de semana e alcança novos grupos com 3ª dose da vacina contra covid

Manaus faz mutirão no fim de semana e alcança novos grupos com 3ª dose da vacina contra covid

Um novo mutirão de vacinação contra a covid-19 ocorre nesta sexta-feira (1) e sábado (2), em Manaus, com o objetivo de aplicar doses de reforço do imunizante em profissionais de saúde a partir de 50 anos e pessoas a partir de 60 anos que tomaram a segunda dose há mais de seis meses.

A campanha também tem como foco pessoas com alguma doença imunológica a partir de 12 anos, que tenham o intervalo de 28 dias entre a segunda dose e a dose de reforço. Além disso, são aplicadas primeira e a segunda doses para pessoas com 12 anos ou mais. As informações foram divulgadas nessa quinta-feira (30).

Pela Internet, o secretário de Saúde, Dr. Anoar Samad, reforçou a necessidade da aplicação da dose de reforço nos profissionais de saúde. (ouça)

Seis pontos estratégicos funcionarão com horário estendido: das 9h até às 21h nesta sexta-feira e das 9h às 6h da noite no sábado.

Os postos das unidades básicas de saúde (UBS), atenderão até às 16h nos dois dias de mutirão.

Os pontos estratégicos que funcionarão em horário estendido são: Sambódromo, Shopping Phelippe Daou, Studio 5 Centro de Convenções, Sesi Clube do Trabalhador, e os Centros de Convivência da Família (CCF) Magdalena Arce Daou e Padre Pedro Vignola.

A aposentada Anália Cabral, de 88 anos, fez questão de tomar a terceira dose e ressaltou a importância do imunizante para ter mais tempo perto da família. (ouça)

Até essa quinta-feira, desde quando a dose de reforço foi autorizada para o público acima de 70 anos no dia 15 de setembro, apenas cerca de 800 pessoas receberam o complemento do imunizante.

Para se vacinar, com segunda dose e dose de reforço, é necessário apresentar documento original com foto, CPF e carteira de vacinação. Para os imunossuprimidos, além dessa documentação, um laudo médico ou outro documento que comprove a condição.

Já para quem vai receber a primeira dose, é necessário que o interessado apresente, obrigatoriamente, um documento oficial com foto com o número do RG, CPF, comprovante de residência (original e cópia) e Cartão de Vacina. Para evitar grandes filas, consulte o filômetro no link.

Reportagem: Cindy Lopes
Foto: Reprodução/FVS-AM