Siga nossas redes sociais

Justiça mantém decisão para retirada de flutuantes do Tarumã-Açu

por Clara Toledo Serafini

A Justiça do Amazonas nega 13 recursos que pediam a suspensão de uma decisão judicial que mandou retirar os flutuantes do Tarumã-Açu, em Manaus.

O pedido foi negado pelo juiz Moacir Pereira Batista, da Vara do Meio Ambiente da Justiça do Amazonas.

A decisão inicial foi proferida em julho e, segundo o magistrado, todos os flutuantes também deverão ser desmontados.

O prazo final para que a Prefeitura de Manaus notifique os proprietários e faça a devida retirada das estruturas é até o dia 31 de dezembro.

Logo após a sentença, no processo que corre desde 2001, proprietários de flutuantes entraram com pedidos para suspender a execução da decisão ou eliminar o processo.

Mas, o juiz não acatou os pedidos e mandou que a prefeitura siga com as retiradas.

Da redação

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress