Siga nossas redes sociais

Ipaam vai realizar estudo sobre unidade de conservação no igarapé do Água Branca

por carlao

Após Tribuna Popular para tratar sobre os danos ambientais e poluição do igarapé Água Branca, localizado no bairro Tarumã, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) diz que vai realizar estudo de viabilidade para a criação de uma Unidade de Conservação no local.

A tribuna aconteceu na Câmara Municipal de Manaus (CMM) nessa quarta-feira, 21.

O Água Branca é o último igarapé preservado dentro da cidade de Manaus, no entanto, o pequeno rio está sendo ameaçado por uma obra licenciada pelo Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) que está despejando toneladas de barro e uma rede clandestina de esgoto no igarapé, matando a nascente.

A denúncia foi feita pelo ativista ambiental Jó Farah. Segundo ele, a autorização de obras sem o devido cuidado ambiental pode resultar em danos irreparáveis.

A obra autorizada pelo Implurb tem impactado negativamente não apenas os moradores da região, mas também os animais que dependem do igarapé para a sobrevivência, como o macaco saium-de-coleira.

Em nota enviada à imprensa, o Implurb disse que interditou a obra e aplicou uma multa à empresa responsável. A obra continuará interditada até que a empresa solucione os problemas e cumpra os critérios e condições estabelecidos na licença ambiental.

O órgão deixou claro que a responsabilidade pela solução do problema é tanto do proprietário quanto do construtor.

Da redação.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress