Siga nossas redes sociais

Internações por infarto aumentam no Brasil, aponta levantamento

por Clara Toledo Serafini

 

Reportagem: Victor Litaiff

Você tem cuidado do seu coração? Dados do Instituto Nacional de Cardiologia (INC) apontam que internações por infarto aumentaram expressivamente e que doenças cardiovasculares são a principal causa de morte entre homens e mulheres no Brasil.

De acordo com o levantamento, houve um acréscimo de 158,31% no número de internações.

Entre 2017 a 2021, mais de 7 milhões de pessoas morreram por esse motivo no país.

Os números preocupam especialistas.

O médico Cardiologista Dr. Cotta Júnior, explica os principais fatores desse aumento. (Ouça)

Dentre esses casos a incidência de infarto no público mais jovem vem aumentando consideravelmente.

O estilo de vida, sedentarismo, tabagismo, estresse, hipertensão arterial e diabete formam o pacote dos principais fatores da doença.

O Dr. Cotta Júnior conta que o estresse ou ansiedade podem influenciar a ocorrência infarto. (Ouça)

Conforme o Ministério da Saúde o principal sintoma é dor ou desconforto na região peitoral, podendo irradiar para as costas, rosto, braço esquerdo e, raramente, o braço direito. Esse desconforto costuma ser intenso e prolongado, acompanhado de sensação de peso ou aperto sobre tórax.

Os diabéticos e hipertensos têm duas a quatro vezes mais chances de sofrer um infarto.

A prevenção é essencial para quem não quer fazer parte das estatísticas de infarto no Brasil.

Além da prática regular de exercícios físicos, uma alimentação adequada são fundamentais para manter a saúde do coração.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress