Hemoam tem estoque crítico de sangue

Estoque de sangue é crítico no AM nas últimas semanas de julho

Doar sangue além de ser um gesto de solidariedade, também pode salvar vidas. Por isso, as doações não podem parar.

Com a baixa dos estoques de sangue do tipo sanguíneo O+, a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), convoca os doadores desse tipo sanguíneo a comparecerem a sede do hemocentro.

O sangue O+ representa pelo menos 70% das demandas diárias em todo o Estado, mas tem reduzido nas últimas semanas.

Mesmo com a pandemia, o doador de sangue há mais de 15 anos, Delcinei Alves, não deixou de ir ao Hemoam. Ele destaca a importância do gesto de amor ao próximo:

“Na minha opinião é uma coisa muito importante do ponto de vista da saúde individual e pra ajudar pessoas que estão necessitando”, disse o doador.

Como alertado no início do mês pelo Hemoam, as pessoas que receberam a vacina contra a Covid-19 podem doar sangue após sete dias da aplicação de cada dose.

O diretor-clínico do Hemoam, Nelson Fraiji, alerta para as consequências de uma possível baixa no estoque:

“As consequências de um estoque crítico é a falta de sangue, particularmente, para as atividades assistenciais de urgência. E a probabilidade de suspensão de procedimentos eletivos”, afirmou o diretor.

Para ser doador, é preciso ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e estar com boa saúde.

Menores de 18 anos só podem doar com a presença dos pais ou responsável legal.

É preciso estar bem alimentado e apresentar documento oficial com foto.

As doações estão sendo realizadas na sede da Fundação Hemoam, na Av. Constantino Nery,de segunda a sábado, das 7h às 18h.

Benefícios

Além do papel essencial de ajudar aqueles que precisam, os doadores de sangue tem uma série de benefícios, como meia-entrada em eventos esportivos, culturais e de lazer, como também isenções de pagamentos em corridas realizadas em Manaus e folga no trabalho.

Ouça este conteúdo:


Reportagem: Ricardo Chaves
Foto: Hemoam/Divulgação