Governador diz que 90% dos casos em novo surto de covid no AM são causados pela Ômicron

Durante a inauguração do novo Centro de Testagem da Covid-19 em Manaus, no Centro de Convenções Vasco Vasques, o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), disse que 90% dos casos da doença no estado são da variante Ômicron. O estado vive um surto e registrou no último boletim epidemiológico quase 5 mil novas infecções.

Segundo o governador Wilson Lima, ômicron causa 90% dos casos em novo surto de covid (Foto: Divulgação)

O aumento da testagem, uma parceria entre o Governo do Amazonas e a Prefeitura de Manaus, faz parte da nova estratégia para ampliar o rastreio da doença, quebrar a cadeia de transmissão do vírus e conter a pressão na rede hospitalar.

A estimativa é atender até 10 mil pessoas com suspeita de Covid-19 por dia no novo centro de testagem. Assim, o Governo do Estado irá aumentar ainda mais a capacidade de testes na capital, que passou de 40 mil testes por mês para 60 mil realizados por semana, em média. A testagem é destinada a pacientes com sintomas gripais como coriza, febre, tosse e dor de garganta, de cabeça ou no corpo, conforme orientação da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

Na capital, o teste para diagnóstico é ofertado à população em 32 Unidades Básicas de Saúde da Prefeitura de Manaus e nas Unidades e Serviços de Pronto-Atendimento (SPAs e UPAs), do Governo do Estado. Nos SPAs e UPAs, o atendimento é voltado a pacientes com sintomas mais graves, como dificuldade para respirar e febre alta.

O Estado também oferta a testagem para passageiros que chegam pelas seguintes portas de entradas: Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Rodoviária e Porto de Manaus.