Tampas de bueiros

Furtos de tampas de bueiros oferecem riscos a pedestres e carros no Centro de Manaus

Quem anda pelas ruas do centro de Manaus já se deparou com bueiros sem tampas ou hidrômetros furtados.

Denúncias desse tipo de caso tem sido comuns. A prática oferece risco aos pedestres, já que os vãos ficam expostos, podendo causar acidentes.

O jornalista e colunista BandNews Difusora, Orlando Câmara, registrou a situação na Avenida Eduardo Ribeiro, a poucos metros do Teatro Amazonas, cartão postal da cidade: “Quem vai à Eduardo Ribeiro, observa o seguinte: arrancaram todas as tampas dos registros de água. A cidade parece abandonada, é impressionante. Simplesmente um horror”, observou Orlando.

Segundo a concessionária Águas de Manaus, aproximadamente 500 tampões de bueiros foram recolocados pela empresa no ano passado.

Este serviço é motivado por uma série de fatores, como a substituição, desgaste, questões estruturais, ausência de tampas e os furtos.

A professora Érica Toledo também flagrou a mesma situação no centro de Manaus: “[as tampas dos bueiros] sumiram da Eduardo Ribeiro tanto das avenidas quanto das calçadas. Aqui na Av. Sete de Setembro também estão roubando os bueiros. Já não basta fio de eletricidade, agora bueiro”, disse, indignada, a professora.

De janeiro até abril deste ano, Manaus registrou mais de 450 furtos de fios de cobre em 2021, no total foram cerca de 451, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

As tampas dos bueiros são feitas de um ferro reforçado e são muito valiosas no comércio ilegal.

As peças são derretidas para a fabricação de outros produtos, que são vendidos, principalmente, para ferros-velhos.

A Águas de Manaus orienta a população a sempre procurar a Polícia Civil e registrar um boletim de ocorrência.

Após registrar o Boletim, o cliente pode procurar a concessionária e solicitar um novo hidrômetro, sem qualquer tipo de custo adicional, mesmo que seja uma situação reincidente no imóvel.

Reportagem: João Felipe Serrão
Foto: Portal do Zacarias; Pexels

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email