Fechado há quatro meses, Hospital Padre Colombo deve reabrir no fim de fevereiro em Parintins

Fechado há quatro meses, Hospital Padre Colombo deve reabrir no fim de fevereiro em Parintins

Reportagem: Cindy Lopes

Até o fim do mês de fevereiro, o Hospital Padre Colombo, em Parintins, deve ser reaberto para voltar a atender a população do município e região. A informação foi confirmada após reunião da diretoria da instituição com uma comitiva formada por representantes da Secretaria de Estado de Saúde e da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALEAM).

(Foto: Divulgação/Secom)

A unidade hospitalar fechou as portas em outubro do ano passado e entrou em reforma logo após denúncias de violência obstétrica levadas à público em reportagem exclusiva veiculada pela BandNews Difusora 93,7 FM.

À época, a Diocese de Parintins, responsável pelo hospital, alegou que a prefeitura não estava repassando os recursos para a manutenção da unidade, motivo que levou a diretoria a romper com a gestão municipal. Agora, quatro meses depois, o hospital anunciou a reabertura. No entanto, inicialmente, apenas uma parte voltará a funcionar.

Segundo o secretário de saúde do Amazonas, Anoar Samad, na reunião, foram discutidos os entraves que estão impedindo o funcionamento do hospital, que além dos parintinenses, atende cidades do Baixo Amazonas e alguns municípios do Pará. (Ouça)

O hospital começou a ser reformado por orientação da Defensoria Pública do Amazonas. A DPE-AM havia feito uma inspeção no local e constatado alta sobrecarga no atendimento obstétrico. Mulheres em trabalho de parto, chegaram a ser flagradas nos corredores da unidade esperando por atendimento, por ausência de vagas.

O deputado Tony Medeiros (PSD), também fez parte da comitiva que foi até Parintins para discutir a reabertura do hospital. (Ouça)

Segundo a diretoria do hospital Padre Colombo, a reforma deverá ser acelerada para que de imediato sejam reabertos em torno de 40 leitos.