Olimpíadas

Orlando Câmara | Falta de investimento em esportes torna conquistas olímpicas cada vez mais distantes

Falta de patrocínio no esporte olímpico brasileiro torna conquista de medalhas e bom desempenho cada vez mais distantes. Dos 309 atletas, 42% não tem nenhum patrocínio, 19% vive com menos de R$ 2 mil por mês e 7% vive com R$ 1 mil por mês. “O Brasil não tem políticas públicas para o esporte”, diz o colunista. Os custos para manter esportes de alto desempenho são altos. No entanto, as funções sociais do esporte estão entrelaçadas com as atividades de alto desempenho.

Há anos, países do exterior tem acolhido atletas brasileiros e oferecido melhores condições de treinamento e custeamento. Na região norte, os investimentos nos esportes são ainda mais precários. A ausência de atletas nortistas nas olímpiadas é reflexo desse desfalque.


Foto: Reprodução/Internet