Um ex-servidor da Funai é preso durante operação da Polícia Federal suspeito de abusar sexualmente de pelo menos 20 adolescentes e mulheres indígenas.

Os crimes ocorreram durante o período em que ele era servidor da Funai e alguns abusos teriam sido cometidos na sede da Fundação.

Segundo a PF, o servidor permaneceu na coordenação técnica local por mais de dez anos.

O homem foi preso nesta quarta-feira (20) durante a Operação Hipólita, em Nova Olinda do Norte.

Além do mandado de prisão preventiva, os policiais federais cumpriram um mandado de busca e apreensão.

Da redação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *