Em Manaus, cota do Rio Negro se mantém em 30 metros

A cota do Rio Negro se mantém em 30 metros, na capital amazonense.

Desde o dia 5 de junho o nível das águas permanece estável.

É a maior da história em 119 anos.

Segundo a Defesa Civil, mais de 450 mil pessoas foram afetadas em todo o Amazonas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, confirmou, nessa terça-feira (9), que vai destinar recursos para auxiliar, principalmente, as famílias mais atingidas pela cheia do rio Negro.

Bolsonaro disse que o governo federal vai ajudar nas ações de reconstrução da cidade e dará todo o suporte necessário à capital amazonense.

Da redação
Foto: Reprodução

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email