Siga nossas redes sociais

Em Manaus, Alckmin defende exploração de potássio em terras indígenas não demarcadas

por carlao

Reportagem: Ricardo Chaves.

O vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB) defendeu a exploração de potássio em terras indígenas não demarcadas, em Autazes, no interior do Amazonas. A fala ocorreu em Manaus durante reunião do Conselho de Administração da Suframa, nesta sexta-feira, 01.

Alckmin comentou o posicionamento do Ibama de que cabe ao Ipaam, emitir o licenciamento da exploração do mineral na região:

No final do mês o Ibama declarou não ter competência para realizar o licenciamento. A manifestação foi enviada no final do mês passado ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1).

Para justificar, o Ibama defende que não tem competência porque o empreendimento não está localizado em Terra Indígena. Em agosto do ano passado, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) constituiu um Grupo de Trabalho para iniciar estudos sobre a delimitação da Terra Indígena Lago do Soares e Urucurituba.

Sem essa delimitação, não há clareza, de acordo com o Ibama, sobre como “aferir a localização do empreendimento sobre a Terra Indígena Soares”.

Em outubro, a ministra Sônia Guajajara chegou a se comentar o assunto afirmando que o ministério não é contra e nem a favor de nenhum empreendimento e que o posicionamento do MPI e da Funai é técnico.

Já a secretária de Gestão Ambiental e Territorial Indígena do MPI, Ceiça Pitaguary, ressaltou a necessidade de observar as potenciais consequências do empreendimento sobre os modos de vida dos indígenas.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress