Dono de rede de supermercados é alvo de operação pela morte de militar em Manaus

Dono de rede de supermercados é alvo de operação pela morte de militar em Manaus

Dono de rede de supermercados é alvo de operação pela morte de militar em Manaus
Dono de rede de supermercados é alvo de operação pela morte de militar em Manaus

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros realiza na manhã de hoje, 21, uma operação para prender os envolvidos na morte do militar das Forças Armadas, Lucas Ramon Guimarães, 29 anos.

Lucas foi assassinado no dia 1º deste mês, em uma cafeteria de propriedade dele. A PC adiantou que o principal suspeito da morte é o dono de um supermercado de Manaus.

Ainda não há informações do quantitativo de mandados que foram expedidos para serem cumpridos. A polícia dará mais detalhes das prisões ao longo desta terça-feira (21).

Assassinato

O sargento Lucas Ramon foi executado na noite do dia 1º de setembro, dentro da cafeteria dele, ao lado de um hospital, que pertence à esposa dele. O crime foi registrado por câmeras de vigilância.

No dia do crime, testemunhas informaram à polícia, que um suspeito chegou ao local em uma motocicleta, estacionou o veículo e entrou no estabelecimento. Em seguida, ao identificar o sargento, efetuou os disparos. Lucas foi atingido com tiros na cabeça. Ele ainda chegou a ser levado ao hospital da família, mas não resistiu e morreu.

Da redação
Foto: Reprodução