Siga nossas redes sociais

Depressão e ansiedade estão entre principais sequelas de covid em idosos no AM, aponta estudo

Niceia Primavera, de 57 anos, teve COVID no início de 2021. Ela

por Clara Toledo Serafini

Reportagem: Victor Litaiff

Niceia Primavera, de 57 anos, teve COVID no início de 2021. Ela relata que, logo após ter contraído a doença, sofreu com uma forte crise de ansiedade e alguns episódios de perda de memória. (Ouça)

A Pandemia de COVID-19 trouxe inúmeras sequelas para a população de idosos e um estudo do Centro de Pesquisa, Ensino e Desenvolvimento Tecnológico (Cerontec) da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (Funati), analisa sequelas em idosos com comorbidades, após terem contraído a doença.

O projeto é desenvolvido pela doutora em farmacologia e gerontologia, Verônica Farina Azzolin. A pesquisadora ressalta que além dos transtornos da mente outros pontos como alterações em índices importantes para saúde da terceira idade, também foram detectados. (Ouça)

O campo de estudo da pesquisa iniciou ano passado no Centro de Atenção Integral à Melhor Idade (CAIMI) Ada Rodrigues Viana, no bairro Compensa, zona oeste de Manaus.

Mais de 300 idosos participam do programa. Segundo a pesquisadora, foram observados que, além de algumas sequelas, variações nos níveis de glicemia também foram detectadas nos idosos que participam da pesquisa. (Ouça)

Já foram concluídos 50% da pesquisa e os idosos passam por exames laboratoriais e avaliação médicas e a previsão é que até o final do ano, com a nova fase da pesquisa aplicada, 80% do estudo esteja concluído.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress