Siga nossas redes sociais

Cresce casos de dengue no Amazonas com quase 17 mil notificações

por carlao

Amazonas registra quase 17 mil casos de dengue e 12 mortes pela doença este ano, além de aumento de cerca de 75% no comparativo com o ano passado.

De janeiro a até esta quinta-feira (28) foram notificados 16.930 casos de dengue. Nos últimos 30 dias, foram notificados 804 casos da doença.

A informação é da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS) em balanço divulgado nesta quinta-feira (28/12).

Os municípios do Amazonas com maiores taxas de incidência são: Japurá (22.678,1), Jutaí (8.869,4), Tonantins (4.911,2), Ipixuna (4.520,1), Tefé (4.141,8), Alvarães (3.073,9), Guajará (2.344,0), Humaitá (2.014,2), São Paulo de Olivença (1.895,3) e Maraã (1.590,3).

O número de casos registrados entre janeiro e novembro (16.126) representam aumentam de cerca de 75% quando comparado com o mesmo período de 2022, quando foram registrados 9.202 casos.

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda transmitida por mosquito.

A melhor forma de evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.

A orientação é a adoção da lista de verificações (check-list) semanal, de 10 minutos de duração, de modo que a população possa agir para identificar os possíveis criadouros, como garrafas, vasos de plantas, pneus, bebedouros de animais, sacos plásticos, lixeiras, tambores e caixas d’água.

Da redação.

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress