6.500 novos empregos devem ser gerados pelo Comércio de Manaus

Comércio de Manaus deve gerar mais de 6.500 empregos nos próximos meses

Os empregos devem ser gerados em função da chegada de novas empresas no período de principais datas comemorativas.

A estimativa é da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL-Manaus), que prevê a geração de mais de 6.500 novas oportunidades de empregos em função da chegada de ao menos dez novos negócios na capital amazonense

Somente para o Natal e Ano Novo serão em torno de 3.000 a 3.500 novas oportunidades.

As inaugurações das novas empresas são previstas para acontecer até dezembro.

O empresário Rafael Carvalho diz que a empresa dele registrou uma demanda em novas contratações pois sentiu a necessidade, devido ao crescimento no volume de vendas nos últimos meses. (ouça)

A Gabriela Alves foi demitida na pandemia, mas conseguiu um emprego recentemente na área, como vendedora.

O analista econômico Ricardo Caldas considera que é uma demonstração de que o setor segue uma trajetória de retomada. Ele ainda avalia a situação nacional. (ouça)

“É muito positivo considerando o mesmo período do ano passado em que estávamos perdendo postos de trabalho. Existe um número líquido de geração de empregos de 800 mil, se essa média for mantida durante todo o ano, está ótimo”

Números mais recentes do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, indicam que o Amazonas registrou de janeiro a julho um saldo positivo em relação às contrações, totalizando quase 20 MIL novas vagas formais de empregos.

O comércio está entre os que mais contrataram no período.

Reportagem: Guilherme Guedes
Foto: Agência Brasil