Siga nossas redes sociais

Com 900 flutuantes nas margens de Manaus e apenas 12 regularizados, assunto será debatido na CMM

por Clara Toledo Serafini

Entes públicos e órgãos de fiscalização do Amazonas querem um prazo de prorrogação para retirada de flutuantes irregulares do Tarumã-Açú

 

Reportagem: Tawanne Costa

Nas últimas semanas em Manaus, um assunto tem chamado atenção de empresários, órgãos fiscalizadores e políticos: os flutuantes irregulares localizados no lago do Tarumã, zona Oeste.

Atualmente há mais de 900 flutuantes em situação irregular nas margens de Manaus. Desses, apenas 12 estão regularizados.

E foi por isso que o vereador Alonso Oliveira (Avante) levantou o debate sobre o assunto, que tem preocupado moradores do local, durante a sessão plenária na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

O político sugeriu uma Audiência Pública para o início de agosto e convidou o parlamento federal para debater sobre o assunto. (Ouça)

A Prefeitura de Manaus deu o prazo de 30 dias para que os proprietários se adequarem as normas ambientais ou serão retirados da orla da capital.

O vereador, William Alemão (Cidadania), questionou o período de regularização. (Ouça)

Jadson Maciel é proprietário de flutuante e está entre os 12 regularizados. Ele apoia a fiscalização e afirma que essa será uma medida para evitar a poluição de resíduos no rio. (Ouça)

A retirada faz parte de uma decisão judicial da Vara Especializada do Meio Ambiente (Vema).

Curta e compartilhe!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Assine nossa newsletter

Receba uma seleção de notícias feitas pelos nosso editores. De segunda a sexta-feira, sempre bem cedinho!

Últimas Notícias

plugins premium WordPress